Finalista nº10 - Turma da Casa Lar Recanto do Carinho, de Florianópolis/SC

18/11/2019

A turma de crianças da Casa Lar Recanto do Carinho, de Florianópolis/SC, é uma das 10 finalistas da Feirinha de Inovação e Empreendedorismo Mirim Esag Kids. Fizeram um vídeo muito lindo e o relatório que apresentamos para vocês. A turma foi fomentada pelo Investidor Anjo Banco do Empreendedor, e com um fomento de R$200,00 realizou esta linda ação. Que tal? Eles merecem ou não o prêmio de R$1.000,00?

Relatório da ação empreendedora da ESAG Kids da turma da Casa Lar Recanto do Carinho, em Florianópolis/SC:
“As crianças desenvolveram um projeto na área ambiental ao criarem uma horta orgânica no terreno do abrigo. Todos participaram do processo de escolha de quais alimentos seriam plantados, do preparo do espaço para plantio e do momento de plantar as sementes e mudas. Estão entre os benefícios alcançados por este projeto estão um maior entendimento do processo de produção dos alimentos que chegam à sua mesa, o estímulo ao cuidado e consciência com as plantas e seu tempo de vida, além do trabalho em equipe. Além do comprovado valor ambiental do projeto, este ainda tem potencial valor de auxílio econômico uma vez que a produção própria de certos alimentos acarretará em um corte de gastos para o Lar, além de trocar o consumo de produtos com agrotóxicos por alimentos orgânicos, trazendo benefícios à saúde das crianças acolhidas na instituição. De acordo com Instituto Souza Cruz e UFSC, a importância da prática da horta por crianças justifica-se por:
Perceber-se integrante, dependente e agente transformador do ambiente, identificando seus elementos e as interações entre eles, contribuindo ativamente para a melhoria do meio ambiente.
Desenvolver o conhecimento ajustado de si mesmo e o sentimento de confiança em suas capacidades afetiva, física, cognitiva, ética, estética, de inter-relação pessoal e de inserção social, para agir com perseverança na busca do conhecimento e no exercício da cidadania.
Utilizar as diferentes linguagens — verbal, matemática, gráfica, plástica e corporal — como meio para produzir, expressar e comunicar suas ideias, interpretar e usufruir as produções culturais, em contextos públicos e privados, atendendo as diferentes intenções e situações de comunicação.
Saber utilizar diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos para adquirir e construir conhecimentos.
Questionar a realidade formulando-se problemas e tratando de resolvê-los, utilizando para isso o pensamento lógico, a criatividade, a intuição, a capacidade de análise crítica, selecionando procedimentos e verificando a sua adequação.
(O ambiente horta escolar como espaço de aprendizagem no contexto do Ensino Fundamental, Instituto Souza Cruz e UFSC, 2004.)
Dada a importância de projetos como este, e pensando na realidade de crianças tais como as que vivem no Lar Recanto do Carinho e são educadas pelo sistema público de ensino escolar do município de Florianópolis, as crianças pensaram que com o dinheiro recolhido através de impostos com o projeto executado, o prefeito poderia investir em projetos como a Horta do Carinho em escolas da rede pública. O projeto pode ser executado pelos próprios alunos e, como pode-se ver na prestação de contas deste projeto, o investimento necessário para desenvolvê-lo é extremamente baixo e o seu potencial educacional e econômico é muito grande. Através de projetos como este pode-se estimular futuros adultos que valorizem a produção local, sustentável e orgânica de alimentos, fortalecendo esta crescente economia. Assim, uma iniciativa aparente tão pequena como criar uma horta tem um grande potencial na área ambiental, econômica, educacional e social por dar às crianças um maior entendimento de uma parte essencial da vida humana: a alimentação e o cuidado com o meio ambiente.”